Jogos de tabuleiro

Jogos           Jogos de Tabuleiro?          Os Mais Jogados           Jogos Gigantes            Estatísticas

Desengane-se quem pensar que os jogos de tabuleiro se resumem ao Xadrez, Damas, Monopólio, Risco, e outros jogos que fizeram parte da nossa infância. Nos últimos 20 anos, os jogos de tabuleiro evoluíram mais do que nunca: mais de 1.000 novos jogos têm vindo a ser publicados anualmente, os quais são cada vez mais desafiantes, atraentes, interativos e inovadores quando comparados com os tradicionais jogos de tabuleiro.

Atualmente, existem mais de 80.000 jogos diferentes! A diversidade de componentes, estilos, temas e mecânicas de jogo é estonteante. Tal como para o cinema ou a literatura, haverão sempre jogos adequados a cada gosto pessoal: uns com regras simples, de curta duração e cujo ênfase se centra na diversão pura; outros com um carácter mais elaborado e estratégico, oferecendo maiores desafios aos jogadores.

Desafiamos-te a redescobrir o prazer pelos jogos de tabuleiro que provavelmente ficou adormecido na tua infância... Vem jogar connosco!

Os jogos de tabuleiro têm estado presentes durante toda a história da humanidade, constituindo uma atividade lúdica, cultural e social para pessoas de todas as idades (o mito de que os jogos de tabuleiro são uma atividade infantil pertence ao passado: embora exista um segmento de jogos adequados a crianças, a grande maioria dos jogos de tabuleiro publicados atualmente são destinados a um público adulto).

Lúdica, porque jogar é sinónimo de divertir-se; um jogo não seria um jogo se assim não fosse. Os jogos de tabuleiro são portanto uma imensa fonte de entretenimento, pois cada jogo oferece uma experiência sempre diferente. Os jogadores são transportados para o mundo construído pelo jogo, com a motivação de dar o seu melhor para atingir os objetivos propostos. De realçar que neste tipo de jogos não existe dinheiro envolvido, joga-se exclusivamente pelo prazer de jogar.

Cultural, porque propiciam a aprendizagem e o desenvolvimento mental enquanto se jogam. Os jogos conseguem ser interessantes, desafiantes e educativos, estimulando o raciocínio e a tomada de decisões. Além disso, promovem o incremento da cultura geral, uma vez que poderemos ficar a saber um pouco mais sobre história, geografia, economia, animais, mitologia, desporto, ambiente, entre tantos outros temas.

Social, porque jogar um jogo de tabuleiro é um ato de confraternização entre pessoas ao redor de uma mesa. Os jogos requerem interação dos jogadores, o que proporciona o convívio e permite que estes se conheçam ou fortaleçam as relações já existentes entre eles. O mais importante deverão ser as pessoas com que se joga e o tempo que se desfruta em conjunto, nunca o resultado final.